BOLETIM DE OCORRÊNCIAS

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

TRANSITO CONGESTIONADO NA RIO-SANTOS, O MOTIVO NÃO É O FERIADÃO, E SIM POR ESTE MOTIVO:

Bandidos em fuga às vésperas da ocupação da Mandela, Jacarezinho e Chapadão



Um dia após o anúncio da ocupação pela polícia das favelas do Jacarezinho, de Manguinhos, Mandela e Varginha, alguns traficantes daquela região já começaram a fugir das comunidades, em busca de outros esconderijos. A área, uma das mais perigosas do Rio, se tornou o principal reduto da maior facção criminosa do estado.
A inteligência das polícias Civil e Militar já detectou que os traficantes estão fugindo para as comunidades do Cajueiro, em Madureira, Jorge Turco e Faz Quem Quer, em Rocha Miranda, Antares, em Santa Cruz, Vila Kennedy, Juramento, em Vicente de Carvalho, e até para o Morro da Coruja, em São Gonçalo.
Investigadores da 40 DP (Honório Gurgel) tiveram informações de que uma picape com bandidos armados de fuzis subiu, na manhã de ontem, um dos acessos ao Morro Jorge Turco. De imediato, o 9 BPM (Rocha Miranda) ocupou a comunidade. Os bandidos, porém, não foram encontrados.
Apesar disso, ontem pela manhã a movimentação de pessoas suspeitas e usuários de crack ainda era muito grande nas imediações das quatro comunidades. Bandidos armados circulavam pelos trilhos dos trens. Um deles, com uma pistola, chegou a apontar a arma em direção à equipe do EXTRA. O local onde ele foi flagrado é um dos principais pontos de vendas de crack. Muitos viciados estavam a seu lado.
A operação está programada para o próximo domingo. As forças de segurança do estado contarão com o apoio da Marinha, que cederá homens e blindados, a exemplo do que aconteceu na tomada dos complexos do Alemão e da Penha e da favela da Rocinha. Nas três comunidades, já há UPPs.
Polícia no Chapadão
No alto do Morro do Chapadão, em Costa Barros, bandidos deixaram gravada num muro a admiração por companheiros mortos. Ao lado de uma pomba branca, está uma lista com o nome dos criminosos, acima da frase "saudades eternas". O local, de acordo com policiais do 9 BPM (Rocha Miranda), é o principal ponto de concentração do tráfico na região.
Há dois dias, a área foi ocupada pela Polícia Militar. O objetivo é impedir que traficantes de Manguinhos e do Jacarezinho migrem para lá antes da ocupação. O Chapadão passou a ser um dos quartéis-generais da facção após os complexos do Alemão e da Penha serem tomados pelas forças de segurança, em novembro de 2010.
Desde 1 de janeiro deste ano, o Disque-Denúncia (2253-1177) já recebeu 258 informações sobre o tráfico em Manguinhos, 251 sobre a Mandela e 289 denunciando criminosos do Jacarezinho.
O Disque-Denúncia acredita que, após a ocupação, as informações sobre a movimentação dos traficantes para outras comunidades deve começar a aparecer. Segundo o órgão, com a ocupação dos complexos do Alemão e da Penha, muitas denúncias começaram a chegar a respeito do deslocamento e paradeiro dos criminosos.
Caçada aos criminosos
Entre eles estão Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto; Wallace Carlos da Conceição, o Churrasquinho; e Davi Moraes de Sá, o Davi Paraíba, acusados de participarem do resgate a DG. Luiz Claudio Ferreira da Silva, o Foca, forneceria armas. Luís Augusto Oliveira de Farias, o Índio do Mandela, participou da emboscada a policiais em 2008.
Foto: Divulgação
Operações
A Polícia Militar realizou operações, ontem, em pelo menos nove comunidades da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Nesses locais, o tráfico é dominado pela mesma facção de Manguinhos e do Jacarezinho. Vinte e uma pessoas foram detidas.
Apreensões
Foram apreendidos um fuzil, duas pistolas, um revólver calibre 38, 598 pedras de crack, grande quantidade de cocaína e maconha, granadas e morteiros. Oito carros e 14 motos foram recuperados.
Zona Oeste
Nas favelas de Antares e do Rola, em Santa Cruz, 60 policiais militares foram recebidos a tiros, quando entravam nas comunidades com o apoio de um blindado.
Lins
No Complexo do Lins, policiais do 3 BPM (Méier) também fizeram operação. Traficantes do Jacarezinho, que não fica muito longe do Lins de Vasconcelos, teriam ido para lá.
São Gonçalo
As ações se estenderam até o outro lado da Baía de Guanabara. No Morro do Salgueiro, em São Gonçalo, policiais do 7 BPM (São Gonçalo), também procuraram por bandidos.
Arará
Na favela do Arará, em Benfica, próximos das quatro comunidades que serão ocupadas no próximo domingo, dois suspeitos foram presos por policiais do 22 BPM (Maré). Com eles, foram encontrados dois radiotransmissores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário