BOLETIM DE OCORRÊNCIAS

sábado, 4 de maio de 2013

Câmara cobra segurança ao Governo do Estado


SEGURANÇA

Ofício enviado ao governador e ao secretário de Segurança é o último apelo no combate à violência que assusta a população do município.
Efetivo insuficiente
O vereador Marcio Pinto disse que está preocupado com a insegurança que pode chegar até o centro da cidade. “A situação que existe hoje no nosso município é preocupante. Nós temos que solicitar às autoridades do estado mais efetivo para a cidade. São 90 policiais à disposição e apenas 20 atuando por dia, o que não é suficiente, uma vez que a nossa população já passou dos 120 mil habitantes. O governador Sérgio Cabral e o secretário estadual de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, têm que olhar com mais carinho para Itaguaí”, ressaltou.
Marcio Pinto disse ainda que esses arrastões na cidade são provenientes das UPP’s. Ele também pediu mais trabalho por parte do 24º BPM (Queimados), responsável pela segurança na cidade. “Não é porque está faltando efetivo que vai ficar do jeito que está hoje. Lá no município do Rio está tudo bonito e maravilhoso”, desabafou completando que Itaguaí virou um paraíso para roubo de motos e automóveis.

 Marcio Pinto ressalta o número baixo de policiais que atua na cidade (FOTO BRUNA MIRANDA)
Marcio Pinto ressalta o número baixo de policiais que atua na cidade (FOTO BRUNA MIRANDA)

Vereador é assaltado na porta de casaO vereador Abelard Goulart de Souza Filho, o Abelardinho, disse durante um pronunciamento na sessão da quinta-feira (25), que foi assaltado no último dia (19), quando chegava a sua residência, no Centro de Itaguaí. O parlamentar contou que voltava da festa do Jornal ATUAL, quando foi abordado por um homem armado que anunciou o assalto. “Eu estava voltando a pé para casa, uma vez que é pertinho do local da festa e, já no portão fui assaltado. O sujeito falou você é policial e vai morrer. Eu disse não sou policial, sou o vereador Abelardinho. E ele disse, não conheço vereador nenhum e levou R$ 100 e o celular”, informou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário