BOLETIM DE OCORRÊNCIAS

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Oposição cobra reajuste salarial para contratados

O aumento concedido aos servidores concursados não foi repassado aos contratados

O aumento concedido ao funcionalismo público concursado que não foi repassado para os contratados gerou polêmica durante a sessão dessa terça-feira (1º), da Câmara Municipal. O vereador Noel Pedrosa cobrou dos vereadores governistas a promessa de que o aumento seria estendido aos funcionários contratados.  Segundo o parlamentar, na ocasião, foram concedidos 14% para o funcionalismo e mais 6% para educação, ambos efetivados. “Durante a votação para aprovar o aumento, teve um vereador, que eu prefiro não citar o nome, disse que passaria para oposição, caso o aumento não fosse repassado aos contratados. Nós não somos oposição, estamos aqui colocando os problemas que existem no nosso município”, questionou Noel.
Os vereadores Vicente Rocha e Marquinho Barreto lamentaram o fato da maior parte dos novos servidores serem de fora da cidade, e a maior parte dos contratados serem de Itaguaí. Lembraram também que não se desrespeitar a Constituição. Eles foram unânimes em dizer que está faltando aos moradores da cidade instrução e preparo para concorrer às vagas no serviço público.Vicente fez questão de destacar a resposta do povo nas urnas para a forma de atuação do governo passado. “O povo da nossa cidade quis dar uma resposta ao governo passado e optou por votar num jovem. Não fizeram nenhum questionamento se tinha curso de gestão, se era capaz para gerir, mas o povo o elegeu. Ninguém refletiu sobre nada, e hoje, muitos choram porque não estão na teta. Por que choram? Estão pensando na cidade ou em si mesmo?”, cobrou o parlamentar lembrando que aumento do funcionalismo de Itaguaí foi o maior da região. “O ex-prefeito Charlinho assinou um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público comprometendo-se a cumprir a constituição e substituir funcionários contratados por concursados. O município tem atualmente dois mil contratados na educação e 800 na prefeitura. Nós temos seis mil concursados que já receberam o seu reajuste”, concluiu Vicente Rocha, que ganhou apoio do vereador Marco Barreto. “Quem é que vai pagar a conta quando essas duas mil pessoas contratadas e os 800 professores contratados forem exonerados?”, questionou ele.   
Noel Pedrosa cobra aumento dos contratados conforme prometido  (FOTO WELINGTON CAMPOS)
Noel Pedrosa cobra aumento dos contratados conforme prometido (FOTO WELINGTON CAMPOS)
Convocação derrubadaA convocação da secretária municipal de Meio Ambiente, Ivana Neves Melo Couto, para prestar esclarecimentos sobre a Ata de Registro de Preços 025/2013, publicada no jornal oficial do município, no mês de agosto, foi derrubada na sessão desta terça-feira (1º). A matéria de autoria do vereador Noel Pedrosa ganhou adesão dos colegas Jailson Barbosa e Genildo Gandra. O presidente da câmara, vereador Nisan César, colocou o requerimento em votação nominal. Por 8 a 3 a matéria foi derrubada. “Infelizmente, essa casa perdeu a oportunidade de esclarecer o que está acontecendo hoje na cidade. A convocação da secretária seria para prestar esclarecimento em relação à compra da ração”, manifestou-se Genildo Gandra.O vereador Vicente Rocha disse que vai convidar a secretária para ser ouvida por uma das comissões.
Outubro RosaA vereadora Miriam Pacheco, autora do projeto de lei que institui o “Outubro Rosa”, disse que as atividades voltadas para luta contra o câncer de mama começam a partir do dia 16. Segundo a parlamentar, na segunda quinzena serão realizadas campanhas de conscientização, palestras, caminhadas, além de distribuição de panfletos explicativos sobre o exame da mama. “Vamos estimular a participação da população, empresas e entidades, buscando alertar sobre os riscos e a necessidade de diagnóstico precoce desse tipo de câncer”, ressaltou Miriam Pacheco.
MIRIAM PACHECO ressalta a importância da conscientização (FOTO WELINGTON CAMPOS)
MIRIAM PACHECO ressalta a importância da conscientização (FOTO WELINGTON CAMPOS)
O câncer de mama é o mais frequente e o mais comum entre as mulheres e o diagnóstico precoce pode significar até 95% de chance de cura e com certeza um tratamento bem menos traumático. “O câncer de mama mata cerce de 50 mil mulheres por ano no Brasil”, completou a vereadora.
História e geografia da cidade na disciplina escolarFoi aprovado em primeira votação, o projeto de lei do vereador Noel Pedrosa, que torna obrigatória a introdução da história de Itaguaí na matéria de história, nas escolas públicas e privadas do município, assim como o estudo da geografia da cidade, na disciplina geografia. O projeto foi aprovado por unanimidade na primeira discussão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário